Improvisação à brasileira: entrevista com Marcos Campello

“Tem uma coisa que eu não consigo entender na música brasileira: como é a que a gente não tem um disco de free choro, de free samba? Como é que não tem essa parada rolando? Falei: cara, vou fazer um disco fritação, mas brasileiro. Não vai ser aquela fritação de gringo do pós-guerra, meio expressionista, pós-serial. Não quero fazer isso.”

Read more